A CASEMIRO DECOR é uma empresa que trabalha com produtos para ambientação e humanização de projetos corporativos. Além disso, temos para oferecer diversos produtos de ambientação e humanização de escritórios e refeitórios.

Avenida Ápio Cardoso, 1285, Bairro Cincão, Contagem/MG.

atendimento@casemirodecor.com.br

(31) 3362-8762 | (31) 9 7162-6359

Sistema ERP

No mundo extremamente competitivo atual, em que as empresas precisam fazer todo o possível para se destacar frente seus concorrentes, a utilização de um software que automatize processos e facilite a integração de todos os setores da companhia é fundamental. Nesse sentido, surge o ERP (Enterprise Resources Planning), que promete aumentar a produtividade a partir de uma melhor organização e um melhor processamento dos dados capturados pelo software.

Em português, ERP significa “Planejamento de Recursos da Empresa”. O nome já nos dá uma boa ideia de como esses softwares atuam, buscando unir, em um mesmo local, todas as informações relevantes para o bom funcionamento da empresa. Dessa forma, concluímos que os ERP’s são verdadeiros softwares de gestão de empresas.

O que é um ERP?

Ainda que muitos gestores e donos de empresas desconheçam essa ferramenta, compreender seu funcionamento e aplicá-la no dia a dia pode trazer ótimos resultados. De forma geral, podemos dizer que os Enterprise Resources Planning colaboram para uma melhor tomada de decisão, fornecendo dados vitais para auxiliar o setor responsável a agir da melhor forma possível, maximizando a produtividade e, consequentemente, os lucros da empresa.

O compilamento de diversos dados pelo ERP torna isso possível. Nesse sentido, vale ressaltar a importância de garantir a centralização de todas informações em um único local, tornando sua interpretação e a comunicação entre os diversos setores da empresa mais fluida e eficiente.

Como funciona um ERP?

Uma empresa de sucesso precisa contar com uma boa administração. Para isso, por que não contar com um software automatizado, que facilita a análise de dados de toda a empresa? Que fornece informações vitais sobre produtividade dos funcionários, status do estoque, comparações entre fornecedores, relatórios do financeiro, processos contábeis e muito mais?

O setor de recursos humanos cadastra as informações dos novos contratados, enquanto o financeiro insere as informações de pagamento; o setor comercial comunica a venda de um produto, que é automaticamente retirado do estoque; esse, por sua vez, envia um alerta

sobre a necessidade de se comprar novas unidades, que aciona a comparação entre os fornecedores.

Esse é o ERP.

Como escolher o melhor ERP para sua empresa?

Agora, apresentaremos os principais pontos a serem considerados na hora de escolher qual o sistema de gestão de empresas ideal para você. Nesse sentido, devemos analisar não apenas o software em si, mas também as necessidades particulares de cada empresa.

De forma geral, precisamos considerar a tecnologia oferecida, a confiabilidade do sistema, a facilidade de uso e, claro, os custos de implementação.

1. Tecnologia oferecida: em primeiro lugar, é importante que o fornecedor do ERP esteja alinhado com as últimas tendências e novidades da tecnologia, a fim de garantir um sistema otimizado e cada vez mais prático e eficiente. Serviços de armazenamento em nuvem, por exemplo, são quase que uma obrigação, além de uma tecnologia aberta e versátil, que permita a personalização do sistema conforme as necessidades de cada empresa.

2. Confiabilidade do sistema: além de garantir que o ERP utilizado esteja de acordo com as normas previstas pelos órgãos executivos e fiscalizadores brasileiros, optar por um sistema estável, que não sofra com desconexões e travamentos é fundamental.

3. Facilidade de uso: de nada adianta ter um sistema extremamente complexo e bem construído se, no dia a dia, ele não se torna eficiente. Quando isso ocorre, o uso de um ERP perde sentido, pois compromete o trabalho dos colaboradores.

4. Custo de implementação: por mais que o gasto com um sistema ERP seja um ótimo investimento, devemos analisar as opções disponíveis no mercado até encontrarmos aquela que apresenta o melhor custo benefício. Deve-se considerar não apenas o valor de compra, mas também eventuais gastos extras com a manutenção do sistema, por exemplo.

Aproveitando todos os seus benefícios

Ao longo de todo esse artigo, demonstramos por que toda empresa deveria apostar em um sistema de ERP. Aumento da produtividade, comunicação mais eficiente, melhor processamento de dados e centralização das informações, por exemplo, são apenas algumas de suas vantagens. Por isso, invista em um ERP.

Porém, não basta apenas implementá-lo em sua empresa. Para maximizar seus benefícios, realize procedimentos de qualificação de sua equipe, tornando-a apta para manusear e aproveitar o melhor dos softwares de gestão corporativa.